Setembro Amarelo. “Suicídio: é necessário reconhecer para prevenir”

5 anos atrás - Bastidores

No mês de setembro de 2015, o CEPAB, juntamente com a residência médica em psiquiatria da FEAB, vem apoiar a campanha de prevenção ao suicídio desenvolvida pela Associação Psiquiátrica Brasileira (ABP), com o desenvolvimento de algumas atividades relacionadas ao tema no Bairral.

Entre elas destaca-se o jornal club, no dia 22 de setembro, onde se discutiu um artigo intitulado ” Suicide”, publicado no Lancet em 2009. Além disto, a reunião mensal do CEPAB de 29 de setembro também contou com a presença da palestrante Dra. Viviane Franco (plantonista da FEAB e preceptora da residência médica em psiquiatria), que realizou uma atualização sobre o tema Suicídio. Dra. Viviane esclareceu alguns mitos e alertou sobre estratégias de prevenção. Cabe ressaltar que o Brasil têm em cerca de 5 suicídios por 100mil habitantes. Aparentemente as taxas são baixas comparadas com países do leste Europeu os quais ocupam o topo da lista. No entanto, existe ainda no Brasil uma subnotificação de casos de suicídio, o que certamente afetam a validade dos dados nacionais. Daí a importância da notificação para geração de dados mais representativos da real dimensão do problema em nosso país e consequentemente a alocação de verbas e estratégias de recursos em saúde mental para prevenir suicídio e tentativas de suicídio.

Palestrante Dra. Viviane Franco (plantonista da FEAB e preceptora da residência médica em psiquiatria), juntamente com os residentes do Instituto Bairral.

Palestrante Dra. Viviane Franco (plantonista da FEAB e preceptora da residência médica em psiquiatria), juntamente com os residentes do Instituto Bairral.