Foto: Aneta Pawlik

Cine Psiquiatria discute o papel do psiquiatra em busca de sua própria realização

4 anos atrás - Bastidores

“Hector, a Procura da Felicidade” (2016) foi o filme escolhido pela Dra. Viviane Franco (médica psiquiatra, supervisora da residência médica em Psiquiatria do Instituto Bairral) para mediar uma discussão no projeto Cine Psiquiatria do mês de abril de 2016. No enredo, o psiquiatra Hector (Simon Pegg) está cansado de sua vida e dos problemas de seus pacientes. Ele, na verdade, se sente frustrado por não conseguir ajudá-los a encontrar a felicidade.

Com o incentivo da esposa (Clara Rosamund Pike), ele faz uma viagem sozinho ao redor do mundo, em busca de novas experiências. Durante a viagem, ele questiona as pessoas sobre o que as faz feliz e se dá conta de que precisa questionar-se a si mesmo. Ao longo desse percurso, Hector vai conhecer variadíssimos tipos de pessoas e outras tantas formas de estar na vida. Mas é quando se vê em perigo que compreende o real valor da sua existência e que as coisas que o prendem à vida são, na verdade, tudo o que lhe faz falta para ser feliz.  O pano de fundo deste filme fez suscitar entre as presentes questões relevantes do próprio processo de formação do psiquiatra, de suas identificações e suas realizações pessoais enquanto pessoa e ser humano.

Dra. Viviane Franco, mediadora do Cine Psiquiatria mês de abril de 2016.

Dra. Viviane Franco, mediadora do Cine Psiquiatria mês de abril de 2016.